HOME ABEPS PREVENÇÃO POSVENÇÃO EVENTOS NOTÍCIAS MATERIAL

> Notícias

17/06/2017 - Suicidio - Enigma que convoca y compromete
II Simposio de Latinoamérica y El Caribe
II Congreso Regional Argentino
12, 13 e 14 de octubre de 2017
Jujuy - Argentina
Información: cas_jujuy@hotmail.com
Leia mais...
Fonte: http://www.asulac.org/

15/06/2017 - Grupo de enlutados por suicídio
XIX Congresso Mineiro de Psiquiatria
A PSIQUIATRIA NO CICLO DA VIDA
AMGG - Belo Horizonte, 15 a 17 de junho de 2017
GRUPOS DE ENLUTADOS POR SUICÍDIO
Leia mais...
Fonte: http://www.facebook.com/

08/06/2017 - Projeto VIDAS
O V.I.D.A.S. (Veículo Inspirador de Amanhãs Solidários) é um projeto firmado entre o Departamento de Saúde Mental da Faculdade de Medicina da UFMG e a agência de Marketing Digital Tea With Me (www.chadeconteudo.com), de Belo Horizonte. O projeto visa propor novos olhares e discussões a jovens de 15 a 35 anos de todo o Brasil que, pelas redes sociais Facebook (www.facebook.com/palavrasporvidas) e Instagram (www.instagram.com/palavrasporvidas), buscam alternativas para lidar com os problemas do dia a dia. A ação é parte de um Projeto de Extensão, coordenado pelo professor Humberto Corrêa, que conta com a participação de estudantes de graduação, que foca na promoção do bem estar e vida em duas frentes: pessoas em situação de risco de suicídio e pessoas dispostas a ajudar quem esteja nessa realidade. Leia mais...
Fonte: http://www.facebook.com/

04/10/2016 - Agrotóxicos, depressão e dívidas criam ‘bomba-relógio’ de suicídios no RS
A família de agricultores acordou cedo e tomou chimarrão naquela manhã quente de 21 de dezembro de 2013. A mãe fez bolinhos para o lanche e iniciou o preparo da lentilha para o almoço. Mas, quando Simone Rovadoski, de 39 anos, saiu da casa para ajudar o marido José Dell Osbel, de 44 anos, no cultivo dos 48 mil pés de tabaco da família, encontrou-o morto. "Não pude evitar que as crianças vissem. Foi um horror", relembra Simone sobre o suicídio do marido, em Gramado Xavier, a 156 km de Porto Alegre. "Ajuda a salvar meu pai, ajuda!", pedia o filho do casal, na época com 13 anos, para curiosos que se aproximavam. Leia mais...
Fonte: http://www.bbc.com/

04/10/2016 - Suicídios de meninas de 17 e 13 anos reacendem debate sobre bullying em escolas na França
Divulgação de diários e cartas privados de adolescentes lançam olhar sobre universo das vítimas e evidencia que país ainda precisa avançar no combate ao assédio. Émilie, de 17 anos, se matou em janeiro. Marion tinha 13 anos quando tirou a própria vida em 2013. Ambas cometeram suicídio depois de terem sido vítimas de bullying na escola. A morte prematura e trágica das duas adolescentes desencadeou um debate sobre a melhor forma de proteger jovens e, ao mesmo tempo, ensiná-los a respeitar uns aos outros. O drama de ambas também foi exposto pela imprensa francesa. O sofrimento de Émilie tornou-se público quando um jornal francês reproduziu trechos do diário da adolescente divulgados pelos pais dela. Leia mais...
Fonte: http://g1.globo.com/

26/08/2016 - Em 31 meses, Juiz de Fora ficou apenas 6 sem registros de suicídio
O índice de suicídios em Juiz de Fora pode ser um fator preocupante quando as ocorrências na cidade apontam que, nos últimos 31 meses, apenas por um período de seis meses não foram registradas pela Polícia Militar (PM) ocorrências deste tipo. Este mês, em pouco mais de dez dias, quatro casos foram contabilizados, sendo que quatro mortes ocorreram em menos de 24 horas. Diante dos dados cedidos para a reportagem, o G1 procurou um especialista da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), que falou um pouco mais sobre o que pode levar um indivíduo a tomar esta medida extrema e também o gerente geral de Comunicação da MRS, local acontecem alguns casos. Leia mais...
Fonte: http://g1.globo.com/

15/08/2016 - Fortaleza recebe sexta edição de Simpósio Internacional de Prevenção do Suicídio
Já há muitos anos, 10 de setembro é o Dia Mundial de Prevenção do Suicídio, um problema que mata uma pessoa a cada 40 segundos. Para aproveitar a data e divulgar a causa da prevenção do suicídio, o CVV realiza desde 2011 um Simpósio Internacional de Prevenção do Suicídio, estimulando o debate, a difusão e a conscientização sobre o assunto.
"O problema é mais comum do que se divulga, mas muitas ações de prevenção podem ser feitas sem grandes investimentos", comenta Robert Paris, voluntário e presidente do CVV – Centro de Valorização da Vida, entidade sem fins lucrativos que oferece apoio emocional e prevenção do suicídio há 54 anos. Segundo a Organização Mundial da Saúde – OMS, 9 em cada 10 casos de suicídio podem ser prevenidos, mas a principal barreira para se atingir essa estatística é quebrar o tabu em torno do assunto. "É preciso falar abertamente sobre suicídio. Seja em família, nas escolas, ambiente de trabalho, igrejas ou na mídia", explica Robert. "Tem que se tornar tão natural quanto falar sobre câncer ou doenças sexualmente transmissíveis, pois são, igualmente, situações que podem levar à morte ou a sequelas permanentes, mas têm prevenção que começa pela conscientização."
O Simpósio Internacional ocorre anualmente, sendo cada edição em uma cidade diferente. As edições anteriores ocorreram em Guarulhos, São Paulo, Florianópolis, Brasília e Rio de Janeiro. Pela primeira vez na região nordeste, Fortaleza receberá o evento no dia 9 de setembro deste ano, das 14h às 18h, no Hotel Recanto Wirapuru, bairro do Castelão. É gratuito e aberto ao público.
No dia anterior ao Simpósio ocorrerá a terceira edição de um debate sobre a abordagem do suicídio pela mídia, com a presença de jornalistas para comentar as dificuldades de se tratar o tema de forma esclarecedora na imprensa.
Os temas e palestrantes do VI Simpósio Internacional de Prevenção do Suicídio são:

  • Como prevenir suicídio através de um plano articulado da sociedade - Dr. Fábio Gomes de Matos e Souza.

  • A busca de sentido como fator de proteção ao suicídio - Carlos Henrique de Aragão Neto.

  • Novas perspectivas para a atenção aos sobreviventes de suicídio – Palestrante Internacional - Dr. Marco Antonio Campos.

  • O suicídio como uma questão de saúde pública - Dr. Enrique Bessoni e Larissa de Andrade Gonçalves.

Serviço
VI Simpósio Internacional de Prevenção do Suicídio
Data: 9 de setembro de 2016
Hora: das 14h às 18h
Local: Hotel Recanto Wirapuru - Auditório Benedito Dias Macedo
Endereço: Av. Alberto Craveiro 2222, Castelão
Organização: CVV (http://www.cvv.org.br/)
Entrada: gratuita
Informações e inscrições: pelo site: http://www.cvv.org.br/cn/

06/08/2016 - Médicos - e médicas - correm muito mais risco de suicídio
Um estudo conduzido pela American Foundation for Suicide Prevention, em 2008, descobriu que o índice de suicídios entre médicos é 70% maior que na população em geral. Entre médicas, 400% maior. "Há fatores que geram ansiedade e depressão, como alto número de horas trabalhadas, stress e a responsabilidade de lidar com tragédias humanas", diz o psiquiatra Mauro Aranha, vice-presidente do Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo (Cremesp). Além das durezas clássicas da profissão, o alto índice também é sintoma de uma piora nas condições de trabalho, com jornadas cada vez mais árduas e difíceis. E isso leva alguns a buscar válvulas de escape. Leia mais...
Fonte: http://super.abril.com.br/

22/07/2016 - Academia Nacional de Medicina debate mitos e tabus do suicídio
Em conferência apresentada na Academia Nacional de Medicina, o Acadêmico e psiquiatra Antônio Nardi falou sobre Suicídio, propondo à plateia formada por Acadêmicos, estudantes e profissionais da área, novas questões e abordagens para o tema. Ressaltou que o suicídio é, além de um problema mental, um problema social, pouco abordado tanto em nossa sociedade quanto no curso médico de uma forma geral. Leia mais...
Fonte: http://http://www.jb.com.br/

09/07/2016 - Taxa de suicídio entre mulheres aumenta quase 10%
As taxas de suicídio entre mulheres aumentaram quase 10% no último ano. Em 2014, houve 831 casos de suicídio feminino no Reino Unido. Esse número cresceu para 902 mortes em 2015. Essas são 71 mães, filhas, irmãs e avós a mais que morreram em um período de 12 meses. Embora o número possa parecer pequeno em comparação com o número de homens que tiraram suas vidas – um chocante número de 2.997 indivíduos, menos que os 3.020 em 2014 – o fato de estar aumentando é um enorme motivo de preocupação. Leia mais...
Fonte: http://exame.abril.com.br/

14/06/2016 - Facebook lança ferramenta de prevenção do suicídio junto a CVV
A partir desta terça-feira (14), os usuários do Facebook no Brasil terão acesso a uma nova ferramenta para prevenção de suicídio. O projeto, desenvolvido em parceria com o Centro de Valorização da Vida (CVV), leva em consideração que pessoas contemplando a ideia de suicídio podem emitir sinais de alerta em suas publicações nas redes sociais. Agora, amigos podem intervir de forma mais direta nesses casos por meio do novo recurso, que já estava disponível nos Estados Unidos e Austrália e está sendo lançado globalmente nesta terça-feira. Leia mais...
Fonte: http://g1.globo.com/

30/05/2016 - ‘Me sinto destruída por dentro': o diário da adolescente que se suicidou em clínica psiquiátrica
A jovem britânica Sara Green cometeu suicídio aos 17 anos, quando estava internada em uma unidade especial de tratamento psiquiátrico na Inglaterra. Sara tinha um amplo histórico de problemas de saúde mental desde os 11 anos de idade. Ela gostava de escrever e em seu diário relatava as dificuldades que enfrentava no dia a dia. A BBC teve acesso a este diário, divulgado para chamar a atenção à angústia que alguns pacientes jovens sofrem ao serem tratados em clínicas para adultos. Leia mais...
Fonte: http://www.bbc.com/

25/05/2016 - Aplicativo de prevenção do suicídio é finalista do Google Impact Challenge Brazil
Tornar os meios de prevenção do suicídio mais acessível a todos os brasileiros e reduzir o alarmante número de 32 mortes por dia no país. Com esse sonho, o CVV, ONG que atua pela causa "prevenção do suicídio" há 54 anos, desenvolveu o projeto do aplicativo "CVV – Como Vai Você" que é um dos dez finalistas do Google Impact Challenge Brazil, um desafio do Google para empoderar ONGs brasileiras e fomentar o uso criativo da tecnologia para promover impacto social. José de Arimatéia, voluntário do CVV, explica que o aplicativo visa gerar facilidades tanto para quem busca o apoio emocional do CVV quanto para os cerca de 2.000 voluntários da organização. O interessado pode escolher se pretende conversar com o CVV gratuitamente por meio de voz ou texto pelo seu telefone celular utilizando o Wi-Fi ou internet móvel, e o voluntário igualmente pode realizar o atendimento de qualquer local com acesso à internet. Quatro dos dez projetos finalistas receberão R$ 1,5 milhão para que se tornem realidade. Três projetos serão indicados por votação popular pela internet até o dia 14 de junho e um quarto projeto será indicado por júri nomeado pelo próprio Google. Para votar no CVV, acesse o link https://desafiosocial.withgoogle.com/brazil2016/charity/cvv
Fonte: https://pt-br.facebook.com/cvv141/

20/05/2016 - MAI: 900 agentes de segurança já foram alvo de triagem para prevenir suicídio (Portugal)
A ministra da Administração Interna disse que perto de 900 agentes de segurança já foram alvo de triagem no âmbito da prevenção do suicídio nas forças de segurança. Constança Urbano de Sousa falava, esta terça-feira, na comissão parlamentar de Assuntos Constitucionais, Direitos, Liberdades e Garantias. A ministra respondia a questões colocadas por deputados dos partidos da oposição que pretendiam saber como está a decorrer o plano de prevenção do suicídio nas forças de segurança. Leia mais...
Fonte: http://www.tvi24.iol.pt/

20/05/2016 - Suicídio de jovens Guaranis debatido nas Nações Unidas
O alto índice de suicídios entre jovens Guarani-Kaiowá no Mato Grosso do Sul foi apresentado no Fórum Permanente da ONU sobre Questões Indígenas que, após duas semanas de debates, se encerra nesta sexta-feira, (20/05), em Nova Iorque. "Especificamente com os Guarani-Kaiowá, que é a população indígena que mais comete suicídio em todo o território brasileiro, nós tivemos em 2015, 45 casos de suicídio em Mato Grosso do Sul. 73% são do sexo masculino e 27% do sexo feminino. Os maiores índices ocorrem entre jovens de 10 a 19 anos. Essa faixa etária corresponde a 61% de todos os casos de suicídio indígena", disse à Rádio ONU Fabiane Vick, representante da Secretaria Especial de Saúde Indígena, órgão ligado ao Ministério da Saúde. Leia mais...
Fonte: http://br.radiovaticana.va/

06/05/2016 - UESPI promove seminário voltado à prevenção do suicídio e discussão sobre perda e morte
A Pró-Reitoria de Extensão, Assuntos Estudantis e Comunitários da Universidade Estadual do Piauí e o curso de Psicologia da IES finalizaram nesta quarta (04), o projeto de extensão do I Seminário de Tanatologia da UESPI: Novos Sentidos às Perdas e à Morte. A execução do projeto acontecerá no próximo dia 19 de maio na UESPI, Campus Torquato Neto, proporcionando a discussão sobre a prevenção do suicídio e socialização de habilidades no manejo de situações de perda e morte em ambientes escolares, por exemplo. O evento conta com a parceria da Comissão de Tanatologia do Conselho Regional de Psicologia (21a Região). Leia mais...
Fonte: http://www.uespi.br/

29/04/2016 - Núcleo de prevenção ao suicídio ganha novo espaço
O Centro de Informações Antiveneno (Ciave) do Hospital Geral Roberto Santos (BA) inaugurou na tarde desta sexta-feira, 29, o Espaço de Leitura e do Cinema do Neps (Cineps). O local faz parte do Núcleo de Estudos e Prevenção do Suicídio (Neps). De acordo com a psicóloga Soraya Carvalho, coordenadora do núcleo, o espaço foi criado para o encontro com a leitura. "Ele simboliza o esforço geral dos técnicos e pacientes do Neps e da equipe do Ciave em compartilhar esforços por um objetivo comum", descreveu Soraya. Leia mais...
Fonte: http://atarde.uol.com.br/

22/04/2016 - Número de suicídios nos Estados Unidos é o mais alto em 30 anos
De acordo com uma análise de dados federais, o suicídio nos Estados Unidos subiu para seu nível mais elevado em quase 30 anos, e sua incidência cresceu entre todas as faixas etárias exceto os adultos mais velhos. O crescimento foi especialmente pronunciado entre as mulheres. Também foi substancial entre os norte-americanos de meia idade, o que é um sinal de profunda angústia para uma categoria na qual o índice de suicídios vinha estável ou em queda desde os anos 1950. Leia mais...
Fonte: http://www.folha.uol.com.br/

15/04/2016 - Suicídio: Prevenção é palavra-chave
Prevenir é a palavra de ordem. E vai certamente ser muitas vezes citada no XV Simpósio da Sociedade Portuguesa de Suicidologia. O encontro começa hoje em Guimarães, e tem agendadas várias discussões - desde o suicídio e a arte, até à eutanásia. É a vertente mais importante, porque ao contrário de outras situações, o suicídio pode ser evitado. Por isto, a Sociedade Portuguesa de Suicidologia inclui em todas as reuniões anuais o tema no debate. Para o presidente, Fausto Amaro, o Plano Nacional de Prevenção é válido e adequado, os serviços de saúde mental têm nota positiva, mas os meios são escassos. "Os serviços funcionam e o pessoal é empenhado, mas precisamos de mais meios e recursos humanos para trabalhar melhor na comunidade". Leia mais...
Fonte: http://www.tsf.pt/

08/04/2016 - Socorristas contam como é atender casos de suicidas
Segundo a OMS (Organização Mundial da Saúde), entre os anos 2000 e 2012, houve um aumento de 10,4% dos casos de suicídio no Brasil. O número - divulgado em 2014 - é o mais recente da entidade. Tema difícil, mas necessário de ser tratado, o suicídio faz parte do dia a dia profissional de socorristas, que têm, entre suas tarefas, deter e auxiliar pessoas em risco de atentar contra a própria vida. A seguir, o depoimento de cinco deles. Leia mais...
Fonte: http://mulher.uol.com.br/

01/04/2016 - Por que os policiais se matam: pesquisa traz números e relatos de suicídios de PMs
Policial militar no Rio de Janeiro, Miguel era agressivo em casa e brincava de roleta russa diante da mulher e dos filhos. Com colegas de trabalho, comentava que tinha vontade de dar um tiro na cabeça. Um dia deu: matou-se no banheiro de casa, com a própria arma. João, policial do Batalhão de Choque, suicidou-se dentro da unidade, aos 32 anos. Descrito pelos amigos como extrovertido, comentou com eles, certo dia, que tinha problemas e estava separado da mulher. Matou-se no mesmo dia e deixou duas cartas, uma para ela e uma para o pai. Leia mais...
Fonte: http://www.bbc.com/

01/04/2016 - Suicídio de jovens mulheres avança em São Paulo
A curta história de Ariele Vidal Farias integra um fenômeno crescente na cidade de São Paulo: os casos de suicídio de jovens mulheres, com idade entre 15 e 34 anos. Mais velha de três irmãos, Ariele vivia com a mãe — os pais, separados, mas de convivência amistosa, contam que nunca notaram sinais de depressão na primogênita. Leia mais...
Fonte: http://www1.folha.uol.com.br/

25/03/2016 - Professores recebem formação para prevenir suicídio nos jovens (Portugal)
Professores e profissionais de saúde vão receber formação para detetar e encaminhar para acompanhamento crianças e jovens com sinais de sofrimento ou de depressão. A medida faz parte do plano de prevenção do suicídio em meio escolar e é também uma das áreas que a coordenação nacional de Saúde Mental quer ver reforçada. Leia mais...
Fonte: http://www.dn.pt/

18/03/2016 - Bate papo sobre suicídio aborda prevenção
O Grupo Meio Norte desenvolveu um núcleo para discutir e acolher os temas ligados à prevenção do suicídio, assim como desmitificar, quebrar tabus e discutir o assunto de forma responsável e ética. Os veículos de comunicação do grupo têm produzido uma série de reportagens especiais abordando a temática para esclarecer as dúvidas, questionamentos e mitos acerca do tema. Para começar fazendo o dever de casa, o Grupo Meio Norte promoveu, nesta quarta-feira (16), um bate papo com Késia Mesquita (Fundadora da ONG Centro Débora Mesquita, que presta o serviço de informação sobre suicídio e atendimento clínico com psicólogos voluntários), para jornalistas e colaboradores com transmissão em tempo real via Facebook do Portal Meio Norte, que conta com 1.536.186 milhão de seguidores. Leia mais...
Fonte: http://www.jornal.meionorte.com/

18/03/2016 - FMS (Teresina/PI) traça estratégias de prevenção ao suicídio através de núcleo especializado
O Núcleo de Estudos e Prevenção ao Suicídio (NEPS) da Fundação Municipal de Saúde (FMS) realizou na manhã desta sexta-feira (18) reunião para tratar da elaboração do Plano de Ação inicial do núcleo e também para formatarem o documento de solicitação do retorno do Ambulatório Especializado de Valorização da Vida e Prevenção do Suicídio – PROVIDA para a gerência da FMS. O NEPS foi criado em setembro de 2015 com o objetivo de analisar a problemática do suicídio e desenvolver ainda mais políticas públicas de prevenção. Leia mais...
Fonte: http://www.capitalteresina.com.br/

11/03/2016 - ONG abre inscrições para voluntários de apoio emocional em João Pessoa
Estão abertas as inscrições para o curso de formação de novos voluntários do Centro de Valorização da Vida (CVV) de João Pessoa, que fica no bairro da Torre. A organização não-governamental (ONG) trabalha em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) prestando apoio emocional a pessoas por telefone. A principal iniciativa é o Programa de Apoio Emocional realizado pelo telefone, chat, e-mail, correspondência ou pessoalmente nos postos do CVV. Leia mais...
Fonte: http://g1.com.br/

21/12/2015 - A presença de quem foi. A dor de quem ficou
Tão permanente quanto a morte é a lacuna que ela deixa. Ao perder alguém que faz parte de nossa vida, o que nos resta é a presença da ausência. E essa sensação é maior quando a partida é inesperada, sem motivo nem razão. Ficam as fotos, as lembranças e o quarto vazio. É saber que quem estava ali não vai mais estar. “Todo Finados chove”, é a primeira lembrança de um dia marcado por lembranças. É o dia em que alguns visitam a morada dos que se foram e revisitam memórias. É o dia de lembrar da morte. Leia mais...
Fonte: http://especiais.gazetaonline.com.br/

08/12/2015 - Preconceito e dificuldade em falar de suicídio são obstáculos à prevenção
Doenças mentais estão presentes em 90% dos casos de suicídio, segundo o estudo mais atual da OMS (Organização Mundial da Saúde), realizado em 2002. Já a ABP (Associação Brasileira de Psiquiatria) fala em quase 100% dos casos estarem relacionadas a doenças mentais. Entre essas doenças, os transtornos de humor - depressão e transtorno bipolar (alternância entre estado depressivo e de euforia) - lideram as mortes, com 35,8%. Entretanto, o preconceito e a dificuldade em falar no tema ainda são entraves para a prevenção. Leia mais...
Fonte: http://noticias.uol.com.br/

02/11/2015 - Prevenção ao suicídio será tema de debate na Câmara Municipal de Campo Grande (MS)
Os vereadores da Câmara Municipal de Campo Grande debatem no próximo dia 18 de novembro, quarta-feira, às 9h, a prevenção ao suicídio na Capital. A Audiência será realizada, a partir das 9 horas, no Plenário Edroim Reverdito, na sede da Casa de Leis, localizada na Avenida Ricardo Brandão, n° 1.600, bairro Jatiuka Park. Leia mais...
Fonte: http://www.acritica.net/

04/11/2015 - Centro capacitará voluntários para a prevenção ao suicídio em Venâncio Aires
O Centro de Valorização da Vida (CVV), que atua na prevenção do suicídio, irá realizar curso em Venâncio Aires para pessoas que desejam atuar como voluntários na entidade. As inscrições para a capacitação podem ser feitas pelo e-mail do posto localizado em Santa Cruz do Sul é santacruzdosul@cvv.org.br. Conforme a voluntária que faz parte do grupo de Santa Cruz Rosimeri Goulart, antes de iniciar a capacitação gratuita, será organizado uma reunião com os inscritos para definir as datas dos encontros que serão ministrados por pessoas que já atuam como voluntários e que são de diferentes profissões. Leia mais...
Fonte: http://www.folhadomate.com/

06/11/2015 - Debate com especialistas de políticas públicas discute prevenção de suicídio
O suicídio é uma epidemia silenciosa e mata mais de 10 mil brasileiros por ano. A Avaliação foi feita em audiência pública na Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa na quinta-feira, 5 de novembro. O encontro discutiu com especialistas e autoridades governamentais as estratégias e políticas públicas desenvolvidas para prevenir os casos de suicídio no país. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), a cada 40 segundos uma pessoa se suicida no mundo. No Brasil, quase 12 mil pessoas se matam por ano e a tendência é de crescimento destas mortes entre adolescentes e jovens. Nos últimos dez anos, a taxa de suicídio cresceu mais de 40% entre os brasileiros de 15 a 29 anos. Os números alarmantes foram revelados na audiência pública.. Leia mais...
Fonte: http://www.capitalteresina.com.br/



 

Cadastre seu e-mail para receber as notícias sobre as atividades da ABEPS - Associação Brasileira de Estudos e Prevenção do Suicídio.


 

Envie seus comentários, sugestões,
dúvidas ou críticas.

faleconosco@abeps.org.br

 



2015-2016 Associação Brasileira de Estudos e Prevenção do Suicídio (ABEPS)
Política de privacidade